Grande cidades tem um problema em comum.

“O mau uso do carro particular é um dos principais problemas dos dias atuais que contribui para o trânsito ruim. Apesar de terem capacidade para cinco pessoas, os automóveis no Brasil trafegam em média com apenas 1,2 pessoa.”

 

Estima-se que a frota de carros do planeta é algo em torno de 1,2 bilhão, o equivalente à população da América do Norte somada a Europa. O desenrolar da mobilidade urbana já é discutido há muito tempo, e a cada dia que passa o trânsito parece ser pior. Porém existem empresas, startups e companhias empenhadas a desenvolver soluções para a mobilidade, alinhadas à tecnologia produzem ferramentas que causam grande impacto.

Já existem programas de corridas compartilhadas, carros compartilhados, carros autônomos e até mesmo drones fazendo entregas, todos esses serviços novos transformando a maneira que enxergamos a mobilidade.

A grande revolução da mobilidade é compartilhar, o mau uso do carro é um dos principais problemas da mobilidade, veículos com capacidade para 5 pessoas trafegam em média com 1 ou 2 pessoas.

Em Belo Horizonte, uma nova alternativa fora dos precedentes surgiu em 2017, o transporte de pessoas utilizando motocicletas, onde todo o processo é realizado via aplicativo, de maneira barata e eficiente. O aplicativo vem conquistando muitos belo horizontinos, oferecendo um transporte seguro, a startup já conta com mais de 70mil viagens realizadas na capital mineira, além do serviço particular de moto, é possível enviar encomendas através do aplicativo.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *